28 fevereiro 2019

Bairros Colina Park, Porto Belo e Porto Seguro criam comissão provisória de associação, bairros nem se quer aparecem no mapa dos correios para entregas.

Rafael Silvestre, pres. provisório da associação.
Depois de anos sofrendo por falta de coisas básicas como escola e postos de saúde, os moradores dos 3 bairros decidiram criar uma associação para gerar representações e reivindicar o que precisam para facilitar a vida dos moradores.

Neste dia 27 um junta de moradores se uniram e elegeram Rafael Silvestre como presidente provisório da associação, com isso eles partem para cobranças mais efetivas de recursos para os 3 bairros que pela proximidade se confundem com apenas um.

Rafael é filho de Silvana Silvestre, a liderança está na veia familiar, ele afirma que os bairros só tem algum serviço de infraestrutura porque a empresa imobiliária ainda mantem vinculo de vendas de alguns terrenos restantes do espaço que iniciou de forma tímida, mas, hoje é um dos mais importantes da cidade, inclusive com residencia até de secretários da prefeitura.

Um dos principais problemas vividos pelos moradores desse conjunto de bairros é o fato de não receberem correspondências dos correios, parece não existirem registros oficiais nos mapas do município, isso gera muito transtorno e já prejudicou inúmeras pessoas que relatam ter seus produtos devolvidos a empresas por causa desse problema.

Apesar de não parecer, certamente será um grande desafio para Rafael e sua equipe, criar meios de colocar os bairros no mapa dos correios, e também, conseguir bens públicos como serviços de educação e saúde através de instituições fixas.

O entorno já conta com algumas empresas e uma das maiores igrejas evangélicas da cidade, a IBAP, da qual Rafael faz parte, ele enfatizou que os desafios são grandes, mas, necessários para que as pessoas recebam tais benefícios do poder público.

Perguntado sobre os bairros serem de loteamentos particulares, ele respondeu que todo processo ocorre assim mesmo, com loteamento e depois da formação populacional, se não for algo fechado como um condomínio por exemplo, cabe ao poder público fazer sua parte, principalmente porque todos pagam os impostos e IPTU devidamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário