28 janeiro 2019

Após afastar o presidente reeleito da Câmara Municipal de Açailândia, Justiça determina anulação da eleição que o reconduziu ao cargo mesmo em meio a acusações de corrupção.


Resultado de imagem para anuladoEssa decisão de anulação pode ser contada como mais uma vitória do prefeito Juscelino na queda de braços com o legislativo local, sem ter conseguido retornar ao cargo e enfraquecido por acusações de corrupção, o vereado e presidente afastado, Ceará, perde mais uma, dessa vez com a anulação da eleição que o reconduziu ao cargo de presidente da casa de leis açailandense.

A decisão da justiça tem muitos pontos de explicações, o mais veemente deles é porque o pleito eleitoral teria sido feito de forma irregular e sem os procedimentos corretos de organização e publicação.

Segundo a decisão, o presidente estava com liminar quando se elegeu e teriam vários fatores que o impediria de concorrer novamente, além disso, existem outras alegações para a decisão de anulação ser tomada.

Após a notificação e acato da decisão, se desfaz a atual mesa diretora que tem como presidente interino o vereador Fanio Mania, e o vereador Cesar Costa que foi o mais votado a eleição passada vai ser o responsável por conduzir os trabalhos da nova eleição que deverá ser convocada em breve.

A decisão é provisória por que correm outros processos paralelos envolvendo os os mesmo parlamentares da ação que terminou no primeiro afastamento do Vereador Ceará no final do ano passado, segue abaixo as imagens da decisão, e ao final um link para baixar na integra o documento oficial da justiça com a decisão:










#FalaFreire

Nenhum comentário:

Postar um comentário