11 maio 2020

Empresa responsável por garis e ASGs em Açailândia não libera vale refeição e funcionário reclamam.

Sede da Bem Brasil

A empresa Bem Brasil que é responsável pelo contrato de funcionários da prefeitura nas áreas de limpeza pública e ASGs, está há algum tempo sem fazer o repasse do vale alimentação aos seus contratados, isso tem gerado insatisfação, ao cobrar, eles não tem uma justificativa plausível, alguns relataram que a empresa alegou falta de repasse da prefeitura, além disso, alguns também reclamam do vale transporte que não é repassado desde fevereiro, segundo eles.

Fomos procurar a assessoria de comunicação da prefeitura para dar satisfações a esse respeito, mas, infelizmente não tivemos nenhuma resposta, também fomos procurar a empresa que através de seu encarregado de contrato nos prometeu uma resposta no dia seguinte, já esperamos mais de uma semana e também não veio nenhuma resposta.

Os funcionários que nos passaram a informação, disseram não fazer reivindicações mais abertamente por medo de serem demitidos já que tem apenas contrato temporário, e sem respostas tanto da prefeitura quanto da empresa, eles seguem sem o beneficio que nesse momento é mais necessário ainda por tudo que temos passado diante da terrível pandemia causada pelo Coronavírus.

Enquanto todos, ou uma grande parte só olha para a pandemia, outros problemas seguem atrapalhando a vida de quem depende do poder público para sobreviver com suas famílias, e isso não é tudo, a cidade continua recebendo seus recursos e os serviços essenciais não podem parar, a pandemia não pode ser desculpa para que a cidade não tenha seu pleno funcionamento, os problemas não podem simplesmente ser jogados pra debaixo do tapete do Coronavírus, ao invés de serem solucionados.

Talvez esse fosse um daqueles momentos dos nossos vereadores mostrarem realmente para que foram eleitos, mas, incrivelmente não vemos nenhum deles falando ou fiscalizando nada disso, e isso sim, é o verdadeiro papel do vereador, fiscalizar par que a máquina pública cumpra o seu dever com o cidadão trabalhador.

Vale lembrar que, a empresa teve problema semelhante denunciado ano passado, quando deixou os funcionários sem salários e sem vale alimentação e transporte por pelo menos 2 meses, mesmo com a confirmação de repasse da prefeitura na época.

Deixamos aqui o espaço aberto para a empresa Bem Brasil e a prefeitura, caso queiram explicar o que está acontecendo de fato e quando o problema será resolvido.

06 maio 2020

Coronavírus, a luta inútil!


Conheça os números do coronavírus no Brasil e no mundo | Poder360Pra começar essa história vou relembrar de fevereiro quando o governo brasileiro mandou buscar na cidade de Whuan, na China, algumas dezenas de brasileiros que estavam na cidade que já tinha um surto e estava matando gente lá. Logo em seguida, alguns países da Europa já começavam a sentir o surto também, os jornais brasileiros já faziam pequenas manchetes falando sobre o assunto, pouco antes do carnaval, havia um alerta da OMS e de órgãos internacionais de saúde, inclusive de especialistas brasileiros.

3 estados em especifico receberam a sugestão de cancelarem a festa mais popular do país, porém, ignoraram e continuaram o plano econômico para o evento em especial para o turismo, esses estados são Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo... Sem o cancelamento do carnaval, as capitais desses estados receberam milhares de turistas vindos de diversos lugares do mundo, inclusive, China, Espanha e Itália onde o surto já havia sido anunciado. Mas, pensando na economia e no status, os governadores e prefeitos das cidades com carnaval mais famoso do Brasil, preferiram correr o risco, inclusive, se você pesquisar, todos eles deram declarações na época quando indagados sobre a possível contaminação dos foliões pelos turistas estrangeiros, todos disseram que não havia perigo, mesmo com os alertas dos especialistas e organizações.

Pois bem, passou o carnaval, o vírus veio com força, e incrivelmente, se analisarmos a cronologia dos casos, veremos que as três cidades com carnaval mais badalado do país, foram exatamente às três que primeiro tiveram surtos, as que primeiro tiveram casos de óbitos, curioso pra saber detalhes? Pesquise, como eu fiz, meu objetivo é chegar a nossa cidade, seguimos.

Após o rápido aumento de casos e o anuncio da pandemia mundial, os países foram obrigados a lidar com algo novo e totalmente desconhecido da ciência, aqui no Brasil, ao invés de procurarem as medidas conjuntas entre estados e o executivo federal, as autoridades estaduais de esquerda rapidamente criaram uma narrativa afrontosa e perigosa para tentar derrubar o presidente, tomaram medidas isoladas e fecharam o comercio, trazendo colapso a economia em alguns estados, obrigando o governo a editar medidas e liberar verbas para ajudar o cidadão.

Outra medida foi liberar verbas emergenciais sem a necessidade de licitação para o combate ao Covid-19, mas, enquanto os estados neutros e pró governo federal conseguiam conter o avanço da epidemia, os contra cresciam ligeiramente e tudo que acontecia os governadores imputavam culpa ao presidente, numa ridícula tentativa de culpa-lo pela pandemia que veio da China em uma ação criminosa com o que pra mim, não passa de uma arma biológica de guerra, a chamada arma invisível, quem não se lembra do pó de antrax na guerra entre Estados Unidos e Afeganistão anos atrás? Só que desta vez foi algo mais perigoso e alarmante que um pó, é um ser vivo de fácil proliferação.

Aliás, falando nisso, antes que me chamem de louco, vamos nos recordar que todas as pestes nos últimos anos vem da China, a começar do SAARS em 2003, gripes suína e aviária, H1N1 entre outros que mataram milhares de pessoas pelo mundo, e de onde elas vem? Sempre do mesmo lugar, China. Então, como pode alguém de fora da China ser culpado por isso? Ao meu ver, uma bela trama comunista pra tomar a liderança econômica mundial, se acham que isso é loucura, lembre-se que existiu um genocida chamado Hitler que varreu um país de sangue simplesmente por vaidade de poder, por isso, não venha me dizer que isso não seria possível novamente, de uma forma mais moderna e biológica.

Chegando aos estados e por fim nos municípios, não existi mais nada a fazer a não ser esperar confiante pela vacina que imuniza contra o vírus, além disso, é segurar quem está na classe de risco e evitar que se contaminem, não existe numero certo sobre a probabilidade de contagio no mundo durante a pandemia, mas, o mais provável para os especialistas é que cerca de 70% da população brasileira deva ser contaminada entre o período pandêmico e pós.

Vejo essa correria toda para tentar frear algo que não se vê, prender, isolar, fechar, ok, entendo que são medidas preventivas, porém, da forma como fizeram no início, nesse momento é impossível conter o avanço, como disse parágrafos acima, o negócio agora é esperar a vacina de imunização, porque toda essa luta é inútil, não tem mais como parar o vírus, além de invisível, o nosso sistema é precário para fazer o certo que seria a testagem em massa da população, seguida de isolamento e tratamento avançado aos que forem detectados com algum sintoma, mas, alguém vê isso sendo feito?

Existem coisas que não precisa ser gênio da ciência para entender, lembrem-se que um garoto do ensino fundamental da África criou a energia eólica, enquanto especialistas altamente capacitados criaram o Titanic e os seus mecanismos de segurança, não precisa dizer no que deu a história de ambos. Mas, como somos um país culturalmente manipulável pela grande mídia e por lideres corruptos, não é de se estranhar a ignorância de boa parte da população em relação a isso, uma pequena analise já seria o suficiente pra identificar muita coisa.

Enquanto isso, temos dinheiro entrando no município vindo do governo federal, obras da prefeitura paradas, ou funcionando com empurrão do estado, eminencia de novo isolamento e fechamento do comércio, e a grande incerteza sobre tudo que nos cerca, temos um governo estadual omisso e orientado a rezar a cartilha ideológica da esquerda brasileira que faz a máxima do quanto pior, melhor, e por ai seguimos a mercê da sorte, o famoso salve-se quem puder.

Executivo e parlamento omissos e sem nenhuma ação efetiva, povo desesperado e amedrontado, politicagem pra todo lado, uma verdadeira zona sem uma vós ativa que guie os cegos na escuridão, e isso foi uma analogia. Enfim, além da pandemia do coronavírus, temos a pandemia administrativa, a pandemia ideológica estadual, a pandemia da omissão e por ai vai.

O certo é, que ninguém está imune ou livre de ser infectado, e torça pra que sua saúde esteja em dias, porque em todos os casos de infectados com a saúde em dia, o vírus não passou de uma “Gripezinha” mesmo, como disse o Drauzio Varela, e em casos de quem já tem algum problema grave, o vírus agrava podendo provocar a morte, isso todos já sabem. No meio desse pandemônio todo, só nos resta pedir a Deus que a vacina de imunização saia o mais rápido possível para que o mundo se tranquilize, e voltemos as nossas vidas normais.

Esperamos que a China seja punida por mais esse mau contra a humanidade, e que sanções sejam impostas de forma severa, e que governadores que estão usando essa pandemia pra fazer briga ideológica e esquecendo o povo, sejam punidos da mesma forma, principalmente os que estão retardando o uso de medicamentos comprovadamente eficazes nos casos de infectados, o Maranhão que o diga.

Espero que tenham me entendido, até a próxima e se cuidem, se eu pegar esse vírus, vocês saberão, não vou querer sigilo, irei informar sobre como entrar e sair dele, só assim a gente passa mais confiança e segurança para quem tem tanto medo devido ao pânico criado com tudo isso.

Deus nos abençoe e guarde.

23 abril 2020

Prefeito Aloisio Sousa nos liga pra explicar sobre verbas federais de combate ao Coronavírus.


Em sua explicação o Prefeito Aloisio Souza informou que a verba de fato veio para o município e está nos cofres públicos, exceto uma parte que foi usada para montar as UTIs COVID-19.
A ligação foi feita após o prefeito tomar conhecimento da matéria indagando sobre verbas do Governo Federal para o combate ao Coronavírus em Açailândia.

Prefeitura de Açailândia - O Prefeito
Prefeito Aloísio Sousa
Do montante de mais de 1 milhão de reais, ele informou que foram gastos cerca de 200 mil reais para o aluguel de equipamentos referentes a instalação das 10 UTIs na cidade nesse período de combate a pandemia, são as chamadas, UTIs Covid-19. Olhando a matéria no site oficial da prefeitura, em nenhum momento foi informado que a verba usada para essas UTIs foi a federal, a matéria também não esclarece qual tempo que ficará instalada essa unidade intensiva dentro das dependências do Hospital Municipal já que se trata de um aluguel e não uma aquisição própria.

Veja a matéria oficial no site da prefeitura clicando AQUI.

Seguindo com as explicações, o prefeito também disse que o restante de pouco mais de 800 mil reais está nos cofres públicos, enfatizou que não vai fazer nenhum uso indevido dessa verba porque toda ela pode ser utilizada sem licitação, e se não for feito o seu uso correto, pode acarretar problemas pra sua gestão. Aloisio disse ainda que a promotoria monitora toda a movimentação financeira dessas verbas Federais e que não usará se não for em necessidade especifica e comprovada para o fim de combate ao Coronavírus.

Aloísio finalizou dizendo que está tomando todas as medidas para que a cidade sofra o menor impacto possível com a pandemia, e se colocou a disposição para qualquer outra duvida seja da imprensa ou de algum cidadão interessado em saber mais sobre o assunto.

22 abril 2020

Onde está o dinheiro que o governo federal mandou pra Açailândia combater o CORONAVIRUS?


Só Açailândia recebeu a quantia de R$ 1.086.555,06 (Um milhão, oitenta e seis mil, quinhentos e cinquenta e cinco reais e seis centavos), o que está sendo feito com essa verba toda, porque até agora o município só está anunciando ações em parceria com o Governo do Estado e com a VALE.

Vamos entender melhor o caso.

Todos os municípios da regional de saúde de Açailândia possuem hospitais, sendo que Açailândia e Buriticupu tem hospital e upa. E nesses dois meses, março e abril, todos os municípios, mesmo não tendo nenhum caso, receberam do governo federal recursos para combaterem a covid-19.

Se os municípios não tem como resolver seus casos, porque o ministério da saúde mandou dinheiro?

Açailândia alugou os equipamentos para montar leitos de UTI, que estão sendo colocados dentro do hospital municipal e, não no hospital de campanha. E esse hospital poderia ter sido montado dentro de um prédio do município que não está sendo utilizado, como os três prédios localizados no bairro Nova Açailândia que estão sem funcionamento algum, mas, tem toda estrutura necessária para isso. Onde funcionará o CAPS 3 e unidades de acolhimento, tem espaço apropriado para o funcionamento de um atendimento desses também, mas, parece que falta gestão e planejamento, ou será que é interesse mesmo que falta?

Apesar de não concordar nesse momento com a instalação do Hospital de Campanha em Açailândia, mas já sabendo que não há jeito, porque não escolheram um local mais isolado, e sem a necessidade de tantos gastos com a infraestrutura como está sendo?

Já que o Hospital de Campanha terá apenas camas e respiradores, não poderiam evitar gastos instalando em uma estrutura já pronta e do próprio município? Até porque, essa estrutura é temporária e evitar gastos nesse momento seria o mais sensato a se fazer, tendo em vista a crise econômica causada pelo isolamento em massa.

Fora isso, o município paralisou os atendimentos que não são urgentes, mas são de cuidados crônicos. Segundo informações de funcionários da saúde, não tem um especialistas atendendo no centro de especialidades, otorrino, cardiologista, exames do coração, pediatra, ortopedistas entre outros.

Isso leva também ao não pagamento que seria feito nesse período aos profissionais. Isso é inclusive, mais economia para o município investir em mais ações contra o Covid-19. Ainda de acordo com informações de dentro da saúde, nem as ordens judiciais estão sendo cumpridas, pacientes como os cadeirantes que tem ordem judicial para recebimento de medicação de uso contínuo, não estão recebendo.

Um dos pontos mais preocupantes nas denuncias que recebemos é o fato de muitos funcionários da saúde, como técnicos de enfermagem e enfermeiros estão passando até 72 horas de plantão, uma jornada desumana que pode gerar problemas tanto para os próprios funcionários quanto para o processo de atendimento que pode sofrer graves erros pelas condições exaustivas dos profissionais.

Prefeitura, secretaria de saúde e governo do estado, parecem contar uma história diferente do que realmente está acontecendo em Açailândia, ainda mais se formos olhar a vinda dos leitos de UTI que foram anunciados, que na verdade não são da cidade, são apenas alugados, só não se sabe se será de forma permanente até serem inauguradas as UTIs que está com previsão para inauguração entre junho e julho.

Será que, ao invés de alugar essas estruturas para montagem de UTIs, não seria mais econômico e inteligente investir na finalização das Unidades de Terapia Intensiva que já estão anunciadas de forma permanente para a cidade?

Por que gastar tanto dinheiro de forma desnecessária nesse momento e tentar contar uma história fictícia para a população? Quais são os verdadeiros interesses e interessados nesse esquema todo? E quando será anunciada a prestação de contas de todos esses gastos exorbitantes e confusos?

Dinheiro do Governo Federal:
Açailândia recebeu mais de 1 milhão de reais somente para o combate ao Coronavírus, mas, não foi só nossa cidade que recebeu essa bagatela, todos os municípios receberam verba federal para a mesma finalidade e o objetivo nisso tudo era que, cada cidade cuidasse de seus próprios doentes, sem a necessidade de um entrar no território do outro, para evitar assim, maior contagio de pessoas.

Mas, aquém dessa realidade, o Governo do Estado junto com nossos governantes locais, estão montando um verdadeiro esquema sombrio para gastar o máximo possível, pelo menos em tese, do dinheiro que vem da União.

Veja abaixo a comprovação do recebimento de mais de um milhão de reais para combater o Coronavírus em Açailândia:

14 outubro 2019

Associação Cultural Flor de Mandacaru realiza grande evento social em comemoração ao dia da criança;

Ocorreu na tarde do último domingo (13), uma programação especial em comemoração ao Dia das Crianças. A Junina Flor de Mandacaru trouxe para Açailândia o projeto “Espaço Pratinho Colorido, nutrição com arte e diversão”, coordenado pela nutricionista Mônica Rodrigues e que trata da importância de uma alimentação saudável na vida das crianças.

O evento aconteceu na praça de alimentação do Mobi Foods e contou com a presença de dezenas de crianças que além de aprenderem a produzir os alimentos, também tiveram uma tarde de muita diversão e brincadeiras.
A ação faz parte do calendário de eventos sociais que serão realizados pela entidade em 2019/2020, que além dos belos espetáculos produzidos a cada ano, agora presenteiam nossa comunidade com outras grandes atividades.
A nutricionista especialista em nutrição infantil Mônica Rodrigues, parabenizou a junina pela iniciativa e por comemorar a data de uma forma diferente e necessária. “fiquei encantada com evento, a organização está de parabéns por proporcionar um momento tão especial na vida de tantas crianças nessa data que é tão especial para elas”, finalizou.
O Presidente da Flor de Mandacaru Raul Fernandes falou da importância do evento e agradeceu a todos os apoiadores e aos pais que abraçaram a ideia. “Ficamos imensamente contente com o resultado do nosso evento, a procura foi enorme. Agradeço aos pais que acreditam e confiam na nossa junina e principalmente aos nossos apoiadores que acreditam nas nossas ideias, em especial a equipe do Mobi Foods que nos deu toda estrutura necessária e a nutricionista Mônica Rodrigues que ministrou esse lindo evento.
Ascom/FM

23 setembro 2019

Em Açailândia a palhaçada continua, só mudam os gerentes do circo.

Em Açailândia, onde a palhaçada administrativa tem nível hard e estratosférico quando se trata de farras administrativas, o ciclo de aberrações segue seu pleno curso sem precedentes, a saída do ex-prefeito Juscelino nada mais foi do que a mudança dos gerentes desse circo, onde o grande cabeça agora é o governador Flavio Dino do PCdoB, que usando de sua influencia, já colocou seus tentáculos dentro da prefeitura como nunca antes havia feito. 

Além disso, temos também os velhos conhecidos da época do ex-prefeito Ildemar, que todos já sabem que é bem próximo de Aloísio, o grande lance agora é saber quem de fato manda na casa executiva de Açailândia, ou, quem manda mais, se é o prefeito, o governador ou o ex-prefeito Ildemar que também embarcou sua turma de “mala e cuia” na prefeitura. 

Em meio a tudo isso, seguimos também vendo a inercia da oposição que não sabe pra que lado anda nem que ação toma, não tem discurso, não tem atitudes, não tem presença, apenas nomes cogitados e sem qualquer força ativa que possa apontar uma ameaça nas eleições do ano que vem ao grupo que hoje está no poder. 

E a cidade? A cidade continua indo mau, sem obras, sem projetos, sem representatividade única e principalmente, com muitos inícios de maquiagens, a exemplo do que já ocorreu antes, inclusive com o sucessor de Aloísio que, assistiu tudo caladinho atrás das cortinas, só esperando sua hora de entrar em cena com seus ventríloquos. 

Açailândia se encaminha para mais uma onda de enganações e campanha mentirosa para ludibriar a população e continuar o regresso administrativo, coisa que já virou cultura por aqui, João Mariquinha se envergonharia de ser pioneiro dessas terras se vivo fosse, pelo descalabro de seus representantes políticos, um pior que o outro, e a cidade só sofrendo sem progresso, sem nada que venha justificar tantas entradas de verbas e tantos gastos feitos pelas administrações. 

Vamos ver se o povo novamente vai cair nas palhaçadas e se convencer que as maquiagens que virão, serão suficientes para permanecer com essa mesma turma no poder. Aguardemos.

24 julho 2019

Maldição do nome, Vila "Flavio Dino" sofre com falta d´água e corte de energia do poço.

Caixa colocada na Vila, mas que não resolveu o problema.

Moradores estão indignados com o descaso da administração pública de Açailândia, além da falta de água causado pelo SAAE, agora a energia do poço foi cortada por falta de pagamento, o que agravou o problema da falta de água na Vila Flávio Dino.

O problema já vinha sendo denunciado porque a água quando vinha antes, só chegava após as 17 horas e não demorava muito, hoje os moradores estão completamente sem água em suas residências o que muda a rotina e prejudica as famílias.

Mais um descaso e falta de compromisso da gestão do PCdoB em Açailândia, se não bastasse tudo isso, os órgãos competentes não emitiram se que uma nota para explicar os motivos de tanto descaso com o povo.

Enquanto isso as famílias seguem sofrendo, sem qualquer amparo administrativo, mais uma mazela do desgoverno municipal que não consegue se quer, manter o básico funcionando e está metido ate o talo em denuncias de corrupção e processos na justiça.

Como diz o ditado, cada povo tem o governo que merece, nos resta agora conscientizar as pessoas para as próximas eleições, onde teremos a oportunidade de analisar melhor os nomes que virão para suceder essa atual administração.

19 julho 2019

Nome forte e de personalidade, Rafael Silvestre é pré-candidato a vereador em Açailândia.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, barba, óculos e close-up
Rafael Silvestre, pré-candidato a vereador por Açailândia.

Dono de uma personalidade diferenciada e bem ao estilo da nova política que se apresenta no país, Rafael, tem posições firmes e conhecimento sobre modelos políticos, empreendedor e um pai de família exemplar, ele traz em suas veias, a comunicação de sua mãe, Silvana Silvestre, fator que o beneficia, porém o conhecimento que tem e a vontade de mudança aflora seu desejo em ver uma cidade melhor.

Falando em cidade melhor, Rafael já deixou claro que seu sonho é ajudar nesse processo, e para isso, de forma mais representativa, tem sinalizado de forma positiva quanto uma candidatura ao legislativo municipal.

Filiado ao PSL e um ferrenho apoiador do presidente Bolsonaro, Rafael carrega nos seus princípios, uma de suas melhores marcas, dono de uma postura ascendente a direta politica brasileira, Rafael  não esconde seu lado, bastante conservador e critico da politica de esquerda, ele costuma emitir suas opiniões e ir para embates políticos quando percebe que pode agregar conhecimento a causa.

Seguindo seu próprio estilo e confiando em uma mudança que já vem sendo realizado no país, Rafael pensa em uma campanha enxuta e consciente, na busca pela confiança sem as famosas trocas por benefícios.

Rafael é ex-funcionário da VALE, hoje empreendedor do ramo de alimento e sempre em busca de novos horizontes, já trabalhou em diversas campanhas no estado, com um numero elevado de êxito, ele tem afirmado que não abre mão de buscar novos horizontes para Açailândia, cidade onde tem sua família formada, esposo e pai de 3 filhas, Rafael sabe bem da importância de uma cidade bem estruturada para vida de um cidadão.

Para Rafael, seguir os passos da nova política é fundamental para a mudança que precisamos no cenário municipal, “Precisamos entender o processo atual e embarcar nele, ficar parado praticando as mesmas coisas de antes não vai fazer a cidade progredir, as trocas tem que acabar, e mesmo que o vereador seja de um mandato só, ele tem que ser firme e trabalhar para o povo, não para os governantes, trocar o cargo por benefícios é o que tem deixado Açailândia sem uma representatividade séria e com problemas em todos os setores, precisamos reverter isso, e só acontecerá com pessoas que tem caráter e força o suficiente para não se deixar levar por esse jogo de interesses próprios, vereador não é eleito para pensar no bolso, mas sim, no povo”, disse Rafael Silvestre.

Silvana Silvestre em força crescente no cenário politico de Açailândia.

Silvana com o prefeito de Colatina/ES, Sergio Menegueli.

Falar de Silvana Silvestre é sobre tudo, falar da história de Açailândia, e outras matérias já citei arte da história da pré candidata que tem conseguido a maior evolução entre os que estão surgindo e se disponibilizando para um futuro pleito executivo na cidade.

Silvana começou seu trabalho de forma tímida em meados de novembro de 2018, e foi crescendo à medida que seu nome foi sendo citado popularmente, principalmente em redes sociais, e de forma voluntária, isso lhe trouxe em pouco tempo, a ascensão política que cada vez cresce mais. Em pesquisas nas redes e nas ruas já se ouve falar bastante em seu nome, inclusive, é nas redes sociais que Silvana mais se destaca, ela tem o maior numero de seguidores em comparação aos demais pretensos pré candidatos, números conseguidos por sua interação e por adesão a sua forma e perfil politico.

Abordando sempre temas de interesse social, Silvana tem hoje um grande número de parceiros que dão força ao seu projeto futuro, com pé no chão e entendendo seus limites, as ultimas enquetes na internet ela tem ganhado com muita folga, o que tem trago desafetos e críticos ao seu trabalho, o que para um politico é ótimo, porque de uma forma ou de outra ela tem sido destaque na opinião pública.

Hoje o cenário político não é mais citado sem o nome de Silvana, uma situação que tem sido cada vez mais crescente, um dos fatores negativos no inicio dessa trajetória era a questão de grupo, que hoje, está superado, Silvana conta com um grupo voluntário de apoiadores cada vez maior, adesões espontâneas e que tem se mostrado fies a ideias e projetos da pré candidata.

Hoje Silvana incomoda os que estavam achando que a politica não mudaria depois das eleições do ano passado, que ninguém abalaria os tronos da mesmice em Açailândia, que dinheiro seria preponderante... Enfim, a mudança está acontecendo, e além de Silvana, outros nomes como o do Advogado Malaquias, da empresária Luíza do Friagro, entre outros, tem demonstrado o contrário.

Aos poderosos do dinheiro e aos escravos de migalhas, fica o lamento, mas, existe hoje, a certeza de que esses tronos estão ruindo e cairão, mais cedo ou mais tarde, e Silvana, querendo ou não, está fazendo parte disso.

Que surjam cada vez mais nomes, e cada vez mais pessoas que consigam abalar essa velha e enojada politica baseada no jogo do dinheiro e do interesse individual, que comecem os jogos!

18 julho 2019

Ele vai voar nas asas dos seus sonhos, e merece alcançar seus objetivos.

Daniel Silvestre
Estou falando de um jovem sonhador, meio artista, meio psicólogo, meio conselheiro, meio um monte de coisas legais, e agora parte para buscar um sonho que ele já viu alguém de sua família alcançando.

Ser médico talvez seja uma das profissões mais nobres no mundo, se doar para cuidar de pessoas é extraordinário, salvar vidas, participar diretamente da reconstrução de uma vida... Dono de uma simpatia e personalidade únicas, Daniel Silvestre se despede de amigos e familiares temporariamente para alçar voos mais altos fora do país, de malas prontas ele carrega na bagagem uma boa experiência, apesar da pouca idade, jovem dedicado e determinado, depois de sua irmã Drª. Mariana Silvestre, agora é sua vez de buscar a medicina como  estilo de vida e profissão.

Daniel, além de muito querido, é um jovem super inteligente que não deixa vencer o prazo de seus objetivos, sempre tranquilo e muito calmo, desenha seu futuro como salvador de vidas, nobreza que vem de família, ajudar e sempre estar ao lado dos que por hora precisam de alguma força para seguir na trajetória de vida.

Ao Daniel Silvestre fica nosso desejo de muito sucesso e êxito nessa nova empreitada, e em breve nos veremos nos consultórios da vida futuro Doutor.

Essa pequena homenagem é para expressar nosso voto de sucesso e felicidades a esse amigo querido que sentiremos muita saudades.

Deus abençoe e faça você voltar nosso Doutor Daniel!